Início Controle financeiro da empresa

Dicas de gestão financeira da Equipe Granatum

Saiba quanto cobrar pelo seu produto ou serviço

Definir o preço de venda correto para os seus produtos ou serviços não é um bicho de 7 cabeças. Veja as dicas e defina já o os seus!

Por:

Em

O primeiro passo para descobrir o preço de venda é descobrir quanto custa produzir o seu produto ou serviço. Depois que você descobriu o preço de custo chegou a hora de formar o preço de venda do seu produto ou serviço.

A definição do preço de venda é uma tarefa muito importante para o sucesso da sua empresa. Cobrar o preço errado pode significar prejuízo ou grandes perdas para a sua empresa.

R$0,01 pode parecer pouco quando pensamos em um produto mas, se pensarmos em um grande número de unidades vendidas, este R$0,01 pode representar uma grande diferença nos resultados da sua empresa.

O que é Preço de Venda?

Para resumir, preço de venda é o valor que sua empresa irá cobrar dos seus clientes.

Este valor deve ser suficiente para cobrir todos os custos que sua empresa tem para produzir, todas as despesas que ela tem para vender, e é claro, obter lucro sobre seu produto ou serviço.

Cobrar o valor certo dos seus clientes pode ser o melhor caminho para aumentar a competitividade entre sua empresa e seus concorrentes.

Um modelo de estrutura de Formação do Preço de Venda de um produto ou serviço pode ser:

Estrutura de formação de preço de venda

Para explicar melhor:

Custos
Um custo é quanto a sua empresa gasta para produzir o que será oferecido aos clientes. Já falamos mais sobre custos neste artigo no Blog.

Despesas
Uma despesa é quanto a sua empresa gasta para vender um serviço ou produto e, assim, gerar receitas. Também já falamos mais sobre despesas neste artigo no Blog.

Lucro
É o retorno que a sua empresa terá ao vender um produto ou serviço. O lucro é o dinheiro que irá financiar o crescimento do negócio.

Existem outras formas de definir o preço de venda mas, por enquanto, vamos entender esta estrutura genérica que pode ser aplicada a qualquer negócio. Você só precisa identificar os custos, as despesas e ver qual a margem de lucro viável para cada serviço ou produto.

Vamos a alguns exemplos.

Como calcular o preço de venda do meu serviço?

Uma característica muito comum em uma empresa prestadora de serviços é, principalmente, ter a maior parte dos custos investidos em mão de obra. Isso é o esperado, já que o que a empresa vende são serviços.

Vamos usar como exemplo uma empresa que faz sites.

Imagine que os custos com os profissionais que fazem o site somem R$ 5000,00; as despesas com impostos, comissões, e as despesas fixas proporcionais (água, luz, aluguel, etc…) somem R$ 1800,00; e a margem de lucro definida seja R$1500,00 (ou 30% sobre os Custos).

O preço de venda do site seria R$ 8300,00.

Formação de preço de venda para empresa de sites

Este valor é o suficiente para bancar todos os custos envolvidos na produção do que será vendido, as despesas com impostos, comissões e infraestrutura, e ainda garante uma margem de lucro de 30%.

Como calcular o preço de venda do meu produto?

Calcular o preço de venda de um produto é muito parecido com o cálculo do preço de venda de um serviço.

Vamos usar como exemplo uma pizzaria.

Imagine que os custos com os ingredientes da pizza mais o salário do pizzaiolo somem R$10,00; as despesas com impostos e despesas fixas proporcionais (água, luz, aluguel, etc…) somem R$ 5,00; e a margem de lucro definida seja R$5,00 (ou 50% sobre os Custos).

O preço de venda da pizza seria R$ 20,00.

Formação de preço de uma pizzaria

Este valor é suficiente para bancar todos os custos envolvidos na produção da pizza, as despesas com impostos, o pagamento do garçom e da atendente do balcão, e ainda garante uma margem de lucro de 50%.

Dica: Com o preço de venda definido, faça uma comparação entre o seu preço de venda e o preço cobrado pelos seus concorrentes. Isso irá mostrar se a sua empresa está dentro da competição no mercado e se é preciso baixar ou até mesmo aumentar sua margem de lucro.

Fique atento: Existem empresas que não conseguem se diferenciar pela qualidade e cobram um valor muito abaixo do possível. Não entre nesta perigosa competição! Muitas empresas fecham as portas por não suportar funcionar com prejuízo por longos períodos. Prefira oferecer qualidade com preço justo.

[Download] Tabela de formação de preço de venda

Para te ajudar a descobrir o preço de venda dos seus produtos ou serviços, a equipe do Granatum preparou uma tabela de formação de preço de venda.

Faça o download, imprima e preencha a tabela com os dados dos seus produtos ou serviços e use no dia-a-dia da sua empresa.

Download Grátis da tabela para formação de preço de venda

Espero que este artigo tenha sido útil. Envie seus comentários e compartilhe para ajudar a criar um blog cada vez melhor.

Um grande abraço e até a próxima.

44 comentários

  • agunaldo disse:

    Ajudou, muito obrigado!

  • Flávio, bom dia.

    Se que você se referiu que essa é apenas uma forma de calcular o preço de um produto, o problema dessa forma é que, por exemplo, no caso da pizza, pensamos que estamos tendo 50% de lucro e quando na verdade estamos tendo 25%.

    Já que, ao vender uma pizza por R$ 20,00 irei pagar os custos e despesas e irá “sobrar” R$ 5,00 que é 25% do que foi vendido.

    Sei que é bem mais complicado, mas o formato apresentado abaixo é mais, se é possível dizer isso, preciso.
    http://www.via6.com/topico/99319/como-calcular-o-preco-de-venda-

    • Olá Vitório, muito obrigado por acompanhar o nosso blog e enviar o seu comentário.

      Sobre o percentual de lucro, me refiro ao lucro sobre os custos. No exemplo, o custo de produção é de R$10,00, logo R$5,00 representam 50% sobre os custos, somente.

      Formação de preço de venda é um assunto bem interessante, vamos falar um pouco mais a fundo nos próximos artigos.

      Um grande abraço e até a próxima!

  • Ramon Blum disse:

    Bacana a explicação mas vale lembrar que o lucro mencionado no texto trata-se de lucro bruto, que em muitas situações é um indicador fantasioso.

    O indicador mais importante para um gestor é o lucro líquido, que é o que realmente vai pro bolso da empresa com a venda do produto/serviço.

    Dedução de imposto e comissão de venda, são feitas sobre o valor da venda e não sobre o custo operacional.
    Cuidado com isso ;)

    Só a nível de comparação, existem serviços na minha empresa que colocamos uma margem de 350% sobre o custo de produção, para no final obtermos um lucro líquido de 15% a 20%.

    • Ótima observação Ramon!

      Sem dúvidas o indicador mais importante é o lucro líquido. Também falaremos mais sobre lucro nos próximos artigos.

      O sistema de definição de preços varia de empresa para empresa mas, é importante lembrar que não só os impostos sobre as vendas devem ser considerados na formação do preço de venda.

      Muito bacana a sua contribuição com o assunto.

      Que tal compartilhar sua experiência na formação do preço dos seus serviços aqui com a gente?

      Um grande abraço.

  • muito obrigada pelas dicas, são de grande ajuda…

  • [...] empresa tem que saber quanto cobrar por seus produtos ou serviços. Como vimos aqui no blog, o preço de venda deve ser suficiente para cobrir os custos, as despesas [...]

  • [...] empresa tem que saber quanto cobrar por seus produtos ou serviços. Como vimos aqui no blog, o preço de venda deve ser suficiente para cobrir os custos, as despesas [...]

  • [...] artigo sobre quanto cobrar pelo seu produto ou serviço, iniciamos um debate muito interessante com o leitor Ramon sobre indicadores de desempenho das [...]

  • Sugel disse:

    Na maioria dos casos, os custos variáveis são bem padronizados. Por exemplo, na fabricação de um modelo de mesa, o custo da madeira usada pode ser calculado de forma bastante precisa. Por outro lado, para uma empresa varejista que aceita vários tipos de cartão de débito, de crédito, vale refeição, cada um deles tem um custo diferente. Por esse motivo, para achar o percentual de custo desse tipo de venda em relação ao total, é necessário que se estime a parcela de venda recebida para cada tipo de cartão. Será preciso usar a série histórica de dados e ajustá-la a eventuais tendências futuras para poder projetar o percentual médio desse tipo de custo variável em relação às vendas e, consequentemente, ao preço.

  • Oscar disse:

    Valeu cara, suas dicas foram bastante úteis.
    Abraços!

  • lourdes disse:

    gostei muito com essas informações vou calcular melhor os meus produtos.

  • jandir martinenghi disse:

    olá , suas dicas sao otimas , pois sao alem de resumidas passam tudo que precisamos , ao invez daquelas apostilas enormes. muito obrigado.

  • ANA disse:

    oi você pode me ajudar ?
    quero vender salgadinhos de festa mais com um tamanho bom com 30g cada
    tive um gasto de R$200 no mercado R$100 com embalagens luz R$9,00 Gás R$12,00 isso que gasto para fazer 570 salgados.. qual de ser meu preço por unidade de salgado ?

    • Ola Ana, antes de mais nada parabéns pela iniciativa de melhorar o seu preço de venda.

      Existem muitas formas de se calcular o preço de venda dos seus produtos. Vou ser prático e sugerir uma forma simplificada.

      Percebi que nos seus cálculos você não considerou o custo de “mão de obra”. Muitos empreendedores cometem o erro de não considerar a sua própria remuneração. Isso é perigoso. É preciso definir um valor de retirada mensal para saber o custo real da sua produção.

      Digamos que os salgadinhos sejam feitos por você mesma. Vamos definir um valor mensal para sua retirada de R$ 1000,00.

      Vamos considerar que você leve 1 dia para fazer os 570 salgados. Vou considerar que você trabalhe 22 dias por mês, então:

      R$ 1000,00 / 22 dias = R$ 45,00

      Este é o custo de mão de obra para fazer os 570 salgados.

      A conta ficará mais ou menos assim:

      R$ 200,00 (materia prima)
      R$ 100,00 (embalagens)
      R$ 9,00 (luz)
      R$ 12,00 (gás)
      R$ 45,00 (mão de obra)
      ——————————
      R$ 366,00 (custo para fazer 570 salgados)

      Então, o custo por unidade do seu salgado será:

      R$366,00 de custo / 570 salgados = R$ 0,64 cada salgado

      Este é o custo. O próximo passo é aplicar a sua margem de lucro.

      Uma sugestão é definir um valor de acordo com o grau de dificuldade na execução do seu produto. Por exemplo:

      2,5 para produtos fáceis de fazer
      3 para produtos nem tão fáceis de fazer
      3,5 para produtos difíceis de fazer

      Definido isso, basta multiplicar o preço de custo da unidade pelo valor da dificuldade. Vamos considerar que o salgado é um produto fácil de fazer, então, no nosso exemplo:

      R$ 0,64 cada salgado x 2,5 = R$ 1,60 é o preço de venda de cada salgado.

      Importante

      Você deve definir o valor multiplicador considerando como o mercado que você compete está praticando os preços.

      Pelo que pude notar, você irá oferecer um salgado maior do que a maioria dos seus concorrentes, por isso, o seu valor aparentemente será maior do que o da concorrência. Isso não é um problema!

      Só é preciso estar consciente de que certamente seu produto irá perder a concorrência quando o cliente não estiver preocupado com a porção e sim com o preço.

      Espero ter ajudado.

      Muito obrigado por acompanhar nosso blog e enviar seu comentário.

      • ANA disse:

        Flavio muito obrigado pela ajuda , queria tia um duvida com esse calculo que você me mostro pelo visto eu vender a porção de salgadinho de 5 a R$2.50 e 10 salgadinho a R$4.00 eu estaria saindo no prejuízo e o cento do salgado R$30.00 estaria justo ou eu estou perdendo dinheiro se você puder me ajudar nisso também ficarei muito grata

        • Olá Ana,

          No nosso exemplo o custo de cada salgado é R$ 0,64, então, 5 unidades x R$ 0,64 cada unidade = R$ 3,20.

          Veja só, no nosso exemplo, a porção custa R$ 3,20 só para fazer, sem considerar o seu lucro.

          Ao cobrar R$3,20 você não estaria ganhando nada. Este é o preço mínimo para a porção!

          Você pode adicionar a margem de lucro que quiser mas, seguindo o nosso exemplo, considerando que o salgados sejam fáceis de fazer, você deve multiplicar o preço de custo de acordo com a dificuldade. No nosso exemplo:

          R$ 3,20 (preço da porção) x 2,5 (grau de dificuldade) = R$ 8,00 é o preço de venda para a porção com 5 salgados.

          Com este valor você consegue pagar todos os custos e ainda ter R$ 4,80 de lucro para reinvestir na sua empresa, dividir entre os sócios, etc.

          Então, se você cobrar R$2,50 terá um prejuízo de R$0,70 em cada porção. É como se você estivesse pagando para seus clientes.

          A mesma coisa acontece com a porção de 10 salgados: 10 unidades x R$ 0,64 cada unidade = R$ 6,40. Este é o valor mínimo da sua porção com 10 salgados. Menos que isso, você terá prejuízo.

          Para o cento do salgado, se cada salgado custa R$ 0,64 para ser feito, o valor mínimo só para cobrir os custos e não ganhar nada será de R$ 64,00 (100 salgados x R$ 0,64).

          E a regra para calcular um bom preço de venda é a mesma:

          R$ 64,00 (preço do cento) x 2,5 (grau de dificuldade) = R$ 160,00 é o preço de venda para a porção com 100 salgados.

          Importante

          Você é quem define o quanto de lucro quer ter mas, é muito importante que, na pior da hipóteses, você venda seus produtos, no mínimo, pelo preço de custo.

          No nosso exemplo, os preços de custo (ou o que é gasto só para fazer) são:

          Porção com 5 salgados: R$ 3,20 (5 unidades x R$0,64 cada unidade)
          Porção com 10 salgados: R$ 6,40 (10 unidades x R$0,64 cada unidade)
          Porção com 100 salgados (cento): R$ 64,00 (100 unidades x R$0,64 cada unidade)

          Espero ter ajudado.

          Um grande abraçoo e obrigado por enviar seu comentário!

          • ANA disse:

            nossa muito obrigado pela ajuda fique com deus

          • Gustavo disse:

            Cara, Valeu pela sua disponibilidade com pessoas que vc nem conhece, ajudando o próximo sem a intenção de obter lucro com o repasse de seu conhecimento. Além dela tenho certeza que ajudou muitas outras pessoas assim como eu, que vou começar um lançe pequeno, mas estava bem na duvida sobre a formação do preço de venda após ja ter visto os meus custos e despesas. Valeu.

          • Olá Gustavo, obrigado pelo comentário.

            É muito bom saber que o artigo te ajudou! Quanto mais compartilharmos o conhecimento, mais fortes seremos!

            É muito bom para o país, para a economia e consequentemente para nós mesmos.

            Um grande abraço e bons negócios!

  • araújo disse:

    Olá!

    Deixei uma pergunta e até o momento não tive reposta, por favor é muito importante para mim.

    Sebastião Araújo

  • Fran disse:

    Boa noite Fávio

    Gostaria por gentileza que me ajudasse no meu caso que estou montando um box de bolsas variadas e não terei funcionários somente eu e uma despesa com aluguel , maquininha de cartao de creditos e condução, como consigo colocar preços em meus produtos que ja compro de diversos preços pronto para revender ?

    Obrigada

    Fran

  • jorge machado disse:

    ola! tenho uma marcenaria legalizada e ainda não consigo saber como faço, quando executo um trabalho fora da empresa, quando é só mão- de-obra, na casa do cliente. Se devo embutir o custo fixo da marcenaria ou não? Assim também com relação ao meu lucro liquido, qual percentual deveria lançar e sobre qual item, lanço?? obrigado!!!

  • Olá, parabéns pela ajuda! Estou entrando no mundo do empreendedorismo e tenho 19 anos. Porém nenhuma formação superior. Então acredito que artigos assim, serão muito úteis para mim. Mais uma vez, obrigado!

    • Granatum disse:

      Olá Jonathan, como vai?

      Que bom saber que nossos artigos estão te ajudando.

      Se precisar de ajuda fique a vontade para mandar seus comentários.

      Um grande abraço e bons negócios!

  • Moisés disse:

    OLá Flavio, primeiramente Parabéns pelo Blog, as infomações são muito úteis. Tenho uma dúvida, assim como a Ana eu e minha Esposa estamos pretendendo começar a vender salgados, gostaria de saber como você chegou neste Multiplicador para o grau de dificuldade, que no caso foi 2,5 – 3,0 e 3,5 ? Obrigado

    • Olá Moisés, como vai?

      Muito obrigado por acompanhar nosso blog e enviar seu comentário.

      No caso do exemplo da Ana eu não usei nenhuma fórmula. Foi realmente só uma sugestão para tentar diferenciar o trabalho que dá para a produção de um produto. Como uma “régua” que vai de fácil para difícil.

      Existem muitas formas de se definir um preço de venda. No comentário do Edgar, sugeri um método mais tradicional que também pode funcionar muito bem.

      Espero ter ajudado.

      Um grande abraço e bons negócios!

  • Edgar Ak disse:

    Bom dia gostaria de saber como faco pra calcular, tipo minha despesa fixa total da loja seria R$ 3,000, vendo produtos descartáveis. A caixa custou R$ 75,00 e vem com 2500 unidades ou seja 25 pcts fico no aguardo obrigado.

    • Granatum disse:

      Olá Edgar, como vai?

      No seu caso seria bem interessante usar um método conhecido como mark-up de vendas.

      Ele é basicamente um valor que considera todos os seus custos fixos e variáveis, impostos e lucro esperado.

      EXEMPLO

      Você disse que suas despesas fixas somam R$3000,00 por mês, ou seja, no ano essas despesas somam R$36.000,00 (12 meses x R$3.000).

      Para calcular o mark-up precisaremos encontrara qual é o percentual das suas despesas fixas, para isso precisaremos do valor das suas vendas. Apenas para exemplificar, vou assumir que sua empresa vende R$ 10.000,00 por mês, ou seja, R$120.000,00 no ano.

      Agora basta dividir o valor anual das suas despesas fixas pelo valor anual das suas vendas e multiplicar por 100, veja:

      (R$36.000,00 / R$120.000,00) * 100 = 30%

      30% é o percentual de despesas fixas a ser considerado na formação do preço de venda.

      Então teremos que levar em consideração os seguintes valores:

      Custo unitário do produto…………R$0,03
      Impostos…………………………….4%
      Comissões………………………….3%
      Taxas de cartões………………….3%
      Taxa de juros para venda a prazo…..3,5%
      Despesas fixas…………………..30%
      Lucro…………………………..30%

      Vale lembrar que estou usando alguns valores somente como exemplo. Encontre os valores reais da sua empresa.

      Depois de encontrado todos os valores, vamos somar todos os valores percentuais:

      Impostos………………………..4%
      Comissões……………………….3%
      Taxas de cartões…………………3%
      Taxa de juros para venda a prazo…..3,5%
      Despesas fixas…………………..30%
      Lucro…………………………..30%
      ————————————————-
      TOTAL…………………………..73,5%

      MARK-UP

      Depois de somado os valores percentuais é só subtraí-lo de 100% e dividi-lo por 100%:

      100% / (100% – 51,8%) = 2,07

      2,07 é o valor do seu markup de vendas.

      O PREÇO DE VENDA

      Para encontrar o preço de venda é só multiplicar o custo unitário pelo valor do Markup:

      R$0,03 * 2,07 = R$ 0,06 é o preço de venda.

      Depois de encontrado o seu mark-up, é só aplicar em todos os seus produtos.

      OUTROS FATORES MUITO IMPORTANTES

      Gosto de lembrar que existem muitos fatores que podem ser levados em consideração para a formação preço de venda. Concorrência, capacidade de pagamento dos seus clientes, promoções, margem de lucro e por aí vai. Usei 30% como lucro desejado mas você pode ajustar para o valor que quiser.

      Vale perceber todos esses fatores e ajustar os seus preços a medida que você percebe uma oportunidade.

      Espero ter ajudado.

      Um grande abraço e bons negócios!

  • Andre disse:

    Tenho duas empresas no mesmo seguimento , vendas (loja online )e uma fabrica (varejo , atacadista ) , onde vendo meus produtos na loja online por varejo .pergunta . Deveria separar , como se fosse duas empresas ? E vender meus produtos para a loja online como se fosse por atacado?Ou continuar como uma empresa unica onde no final de tudo o dinheiro é tudo misturado?

    • Granatum disse:

      Olá André, como vai?

      A resposta para esta pergunta pode ser bem particular por um motivo chamado estratégia. =)

      Particularmente gosto de separar tudo.

      Quando separamos temos com clareza o resultado de cada um dos nossos canais de venda e distribuição.

      Os custos, as despesas, a margem, o volume de vendas, podem ser muito diferentes de um canal para outro. Ter os resultados individuais pode te ajudar a tomar melhores decisões de investimento.

      No final, como você disse, todo o dinheiro terá o mesmo destino, mas a idéia é sempre maximizar os resultados.

      Espero ter ajudado.

      Um grande abraço e bons negócios!

  • Ana disse:

    Olá, boa noite.

    Estou começando a vender muffins de frutas e sementes, são ingredientes caros. Como não faço grandes quantidades não tenho fornecedor com bons preços, acabo comprando a matéria prima nos supermercados. Enfim, como calcular preço de venda, considerando meu salário, mais despesas de matéria prima e ainda obter lucro para reinvestir?

    o custo com a matéria prima de cada muffim é de R$ 1,49 + 0,15 embalagem = R$ 1,64

    • Olá Ana, como vai?

      Aqui nos comentários, no dia 14 de Abril respondi o Edgar com um método que pode ser bem útil para você: o Markup de vendas.

      O markup é basicamente um percentual que considera todos os seus custos fixos e variáveis, impostos e lucro esperado. Adicionando ele ao custo unitário do seu produto você terá a base de um preço “justo” de venda.

      Farei um artigo sobre markup de vendas para tentar ajudar melhor empreendedores que tenham um negócio parecido com o seu.

      Obrigado por acompanhar nosso blog.

      Um grande abraço e bons negócios!

  • josy disse:

    Quanto um cozinheiro pode cobrar para fazer um almoço cobrando por convidado?

    • Olá Josy, como vai?

      Para te ajudar nesta resposta é preciso saber quais são os seus custos. Algumas perguntas podem te ajudar a identificar os custos:

      - O serviço que você irá vender é só de cozinheiro?
      - Os ingredientes serão fornecidos por quem? Se for por você, qual o valor da compra para fazer este almoço?
      - Qual é o valor mínimo que o cozinheiro quer ganhar para fazer um jantar?
      - O cozinheiro irá trabalhar sozinho ou precisará de ajudantes como pessoas para servir, lavar louça, cortar ingredientes? Se for trabalhar com alguém, quanto irá custar essa ajuda?
      - Qual o valor gasto com transporte até o local do evento?
      - Qual o lucro esperado com um evento desses?

      Depois de encontrar todos os custos e o lucro desejado será possível definir por exemplo, quantidade mínima de pessoas por evento e valor por pessoa.

      Espero ter ajudado.

      Um grande abraço e bons negócios!

  • Jean Krummenauer disse:

    Boa noite

    Vou comecar a fazer vendas de produtos para fabricas e pequenas lojas de materiais

    Irei comprar os produtos direto de fabricas e revender e entregar nas visitas aos meus clientes poderia me dar uma ideia de quantos por centos eu devo colocar nos produtos para que se paguem as despesas com a entrega impostos prazos nos pagamentos e claro obter um bom lucro.

    • Olá Jean, como vai?

      Acredito que a resposta que dei para o Edgar aqui nos comentários também pode ser útil para você!

      Como disse para a Ana, farei um artigo para falar um pouco mais sobre Markup.

      Espero ter ajudado.

      Um grande abraço e bons negócios!

  • Julian disse:

    Flavio, compartilhar conhecimento sem cobrar merece um grande reconhecimento, valorizo muito esse tipo de atitude. Parabéns! O artigo e os exemplos que você ajudou a solucionar nos comentários me ajudaram muito, obrigado!

    • Olá Julian, como vai?

      Muito obrigado por acompanhar o blog. Fico feliz em saber que de alguma forma estamos te ajudando a entender melhor sobre o assunto.

      Continue acompanhando nosso blog e enviando seus comentários. Se puder, compartilhe com seus amigos!

      Um grande abraço e bons negócios.

  • Daniela Zella disse:

    Ótimo ficou bem claro e está ajudando muito na minha empresa de festas, como trabalho com festas personalizadas, as vezes me atrapalhava na hora de calcular
    Obrigada.

Deixe seu comentário